segunda-feira, 20 de abril de 2015

Lugares para visitar. PARTE I

Essa postagem será divida em duas partes, a primeira postagem, essa aqui que vocês estão lendo, é sobre os lugares que pretendo visitar no Brasil, a próxima postagem será demonstrando os lugares que pretendo viajar no mundo.


Eu amo viajar, já ate postei aqui no blog uma vez sobre algumas viagens que fiz e até deixei um artigo que fala sobre como viagens te deixa mais jovem, atraente e criativo. Quem quiser ler, é só acessar o >>LINK<<.

Bom, vou listar 5 lugares de diferentes partes do Brasil. Não irei descrevê-los, já que ainda não os conheço e não irei fazer trechinhos para cada lugar, pois os motivos que me fazem querer conhecê-los são os mesmos: cidades históricas do interior, ou com alguma paisagem natural exuberante.

PARATY - RIO DE JANEIRO



CANOA QUEBRADA - CEARÁ



OURO PRETO - MINAS GERAIS



OLINDA E RECIFE - PERNAMBUCO



ITACARÉ - BAHIA



Ai estão algumas cidades que tenho muita vontade de conhecer, salientando que existem outras tantas que tenho vontade de conhecer, mas essas listadas são as que serão primordiais quando eu tiver que escolher uma cidade para tirar férias, passear, etc.

sábado, 11 de abril de 2015

O que dizer das férias? Análise sobre Candiba e Salvador.

Bom, férias sempre são férias... Não há nada melhor do que ter um tempo de descanso, de diversão, sem as coisas rotineiras que mesmo você gostando do que faz, acabam se tornando chatas.

Pelourinho, Salvador - BA.

Bom, quem anda lendo minhas postagens sabe que sou estudante universitário e moro muito longe da minha família, então sempre que tenho um tempo grande de recesso, eu aproveito para visitá-los. Não há muita coisa boa a se fazer onde meus pais moram - Candiba, uma pequena cidade baiana da região do sudoeste. Você, com certeza, estará presente todos os domingos na celebração da missa ou cultos, isso depende da sua religião e depois ficar um pouquinho na praça da matriz e/ou sentar no Bar do Caju, sair com alguns amigos, seja para o Bar de Jai, onde se encontra espetinhos das mais variadas carnes com um preço e o gosto muito bom, a sorveteria, que agora está perdendo clientes para o Açaí, novo estabelecimento da cidade, quando digo novo é em todos os aspectos, já que este é o primeiro na cidade, ou nos trailer situados na praça do mercado. Se o seu caso for como o meu, que anda sempre sem dinheiro, você tem duas alternativas: ficar em casa reclamando da internet que é horrível e assistir todas as novelas da globo ou sair com os amigos para a praça do mercado, onde na certa é ficar falando das suas "paqueras", dos casos que ocorreram na universidade (quando se está em uma) e ficar sabendo, é claro, das fofocas que estão correndo pela cidade.

Bom, nessas últimas férias que foram entre os meses de fevereiro e março, passei uma parte em Salvador e a outra parte em Candiba. Como descrevi no parágrafo anterior, Candiba não se tem muita coisa a fazer, então dediquei boa parte para leituras, eram elas muitas das vezes ligadas ao curso que estou fazendo ou literaturas, outras partes era ficar usando a internet da minha tia, ou de vez em nunca ir na rua, encontrar alguns amigos e voltar para a casa antes das meia noite. Candiba para diversão é muito difícil, a não ser que você faça a diversão, por outro lado, a cidade é um ótimo lugar para descansar, encontrar os amigos e familiares que a muito tempo não se vê e explorar lugares que não é conhecido por muita gente. Certo dia, eu e uma amiga, chamada Caroline saímos pela cidade com a finalidade de fazer algumas fotos. Não exploramos muito, mas saímos em uma tarde e conseguimos fazer algumas fotos legais em lugares bem legais (bom, eu acho, ainda não tive acesso a essas fotos).

Por outro lado, estive em Salvador por 18 dias, não sei descrever se ficar em Salvador esses dias todos foi uma experiência boa ou ruim, eu aproveitei, poderia ter aproveitado mais, mas não aproveitei como deveria. Já descrevi em uma postagem anterior que estive presente no último dia de carnaval, então não irei frisar sobre isso. Então, falarei um pouco sobre o que vi e fiz na cidade: Praia (as que eu já conhecia antes), Pelourinho (também já tinha conhecido antes, mas dessa vez eu pude fazer algumas fotos), formatura da minha irmã (que foi linda). Bom, estou me lembrando apenas dessas coisas, o grande problema em ir à Salvador é que eu acho a cidade caótica demais, não consigo andar sozinho por lá o que acaba sendo ruim, pois a única pessoa que poderia me levar para conhecer alguns lugares, não tem esse tempo todo livre para estar me levando em lugares novos.

Sendo assim, eu descrevo essas férias como normal. Foi boa sim, pude descansar e voltar com mais garra para as atividades acadêmicas. Fiz algumas coisas legais, como conhecer um sítio arqueológico pela primeira vez (Caetité - BA), fotografar alguém também pela primeira vez (quero ver logo esse resultado), estar com minha família e rever grandes amigos deixados por lá.

sexta-feira, 13 de março de 2015

[RESENHA] American Horror Story: Murders House.



Até quem enfim eu terminei de assistir a primeira temporada de “American Horror Story”, demorei quase 01 ano para assistir os 12 capítulos, isso tudo por conta da vida corrida de universitário, mas FELIZMENTE para a minha alegria e para a alegria de todos eu terminei e estou aqui para contar um pouco sobre a série!

HISTÓRICO E RESUMO:

“American Horror Story”, traduzido para o português “Uma História de Horror Americana” é uma série da TV norte-americana de horror-drama, criada e produzida por Ryan Murphy e Brad Falchuk, que já se encontra em 04 temporadas e já está pronta para o lançamento da quinta. É uma série antológica, ou seja, cada temporada é concebida como uma história autônoma, seguindo um conjunto de personagens e ambientações distintas, e um enredo com o seu próprio "começo, meio e fim.”.

A primeira temporada denominada “American Horror Story: Murders House” apresenta a família Harmon, Ben (Dylan McDermott), Vivien (Connie Britton) e sua filha Violet (Taissa Farmiga), que se mudam para Los Angeles depois que Vivien sofre um aborto e Ben tem um caso extraconjugal. Na nova casa, a família conhece a misteriosa vizinha Constance Langdon (Jessica Lange) e sua filha Adelaide (Jamie Brewer), que possui um dom paranormal. Ben começa a atender seus pacientes em casa, mas um em particular, Tate (Evan Peters), tem um amor doentio por Violet. Ele faz tudo para protegê-la, apesar de esconder seu lado sombrio e sua real história. Acontecimentos bizarros e violentos passam a ocorrer com maior regularidade, e o que a família não sabe é que houve mais de 20 mortes violentas na casa ao longo de sua história, sendo assim conhecida em passeios turísticos como "The Murder House" (A Casa dos Assassinatos). A família luta com suas próprias tribulações pessoais, sem saber que o mal está se aproveitando dos mesmos para gerar o Anti-Cristo.

MINHA EXPERIÊNCIA:

Só para deixar claro, eu nunca fui de assistir séries, sempre perco a paciência e nunca passo de 05 episódios da primeira temporada, porém a série “American Horror Story” é do tipo de ficção que eu gosto muito, tem esse estilo horror-drama que eu adoro e que super me prende na trama, tanto que eu terminei a primeira temporada e já estou quase terminando a segunda, isso porque o enredo da série é tão bom, que te cativa do início ao fim.

ABERTURA




Bom, essa é a resenha da série quem tem me cativado cada vez mais, a cada episódio a trama vai ficando melhor, super indico a quem queira assistir. Abraços!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

[EXPERIÊNCIAS] Último dia de Carnaval de Salvador - BA.

Há exatamente uma semana acontecia o último dia de festa do carnaval de Salvador, exatamente o dia em que eu cheguei a Salvador, curti os primeiros dias de carnaval em Aracaju e depois vim para Salvador, onde ainda me encontro.

Hoje eu vou contar um pouco sobre a minha experiência no carnaval de Salvador, que não foi a tal experiência, mas me deu cartas na manga para poder fazer uma postagem a quem tem curiosidade ou quem planeja conhecer a tão famosa festa de Salvador.

Bom, foi bem rápido o momento que eu tive do carnaval de Salvador, mas desse pouco momento eu consegui pegar uma pouco da expressão cultural no carnaval da Bahia. Como eu estive na pipoca (para quem não conhece, pipoca é o nome dado àquele grupo de pessoas que não entram em blocos), eu pude acompanhar alguns blocos passando, esses tinham como atração Wesley Safadão, Harmonia do Samba, Durval Lelys e Cláudia Leitte.

O primeiro bloco do forrozeiro Wesley Safadão, pra mim, foi o mais animado entre os 04 que eu consegui ver. Ele misturou sucessos dos estilos musicais: arrocha, forró e pagode e sacudiu (literalmente) o circuito barra/ondina. Muita gente na pipoca parou para vê-lo passando com seu trio. Confesso que pra mim foi uma surpresa, já que fiquei sabendo, que nem Ivete Sangalo conseguiu levantar o público de tal forma.

Wesley Safadão

O segundo bloco de Harmonia do Samba comandado por Xandy teve seus momentos de animação também, mas não tão forte quanto ao anterior. A banda tocou grandes sucessos da carreira e até as músicas que são as sensações do momento, tinha um público fiel, mas sem grandes proporções e eu adorei a roupa usada pro Xandy, bem característico do cantor e do carnaval.

Xandy do Harmonia do Samba.

O terceiro bloco foi de Durval Lelys, ex-vocalista da banda Aza de Águia, pra mim: sem novidades, com a mesma coisa de sempre, com as mesmas músicas e a mesma batida, quem gosta de axé na mais pura essência, com certeza irá gostar de participar do bloco dele, eu não participaria por conta dos itens que já mencionei e porque as músicas dele são muito agitadas, é ficar pulando o tempo inteiro, imagine ficar de 16:00 até de madrugada pulando músicas que não sai do mesmo ritmo? Deve ser muuuuito cansativo!

Durval Lelys e o bloco crocodilo.

E por fim, o quarto bloco da Claudia Leitte. Pra quem já me conhece, sabe que eu não gosto dela como pessoa, acho ela muito forçada, em contrapartida, acho ela uma excelente artista, canta muito bem e tem um astral bem legal, de todos os artistas que passaram com os seus respectivos blocos, ela foi a mais carismática com o público, principalmente com a pipoca. Além, é claro, de ser muuuuuito linda, fiquei impressionado com tamanha beleza, e no bloco dela também só tem gente bonita [ano que vem vou entrar no bloco dela pra ver se consigo desencalhar rs]!

Cláudia Leitte vestida de noiva, pra matar com os corações.

Bom, após fazer uma análise de cada bloco passado, vou deixar aqui as minhas impressões sobre a festa. Para poder acompanhar a festa é necessário que você esteja com o físico e psicológico muito bem preparado, já que você vai ficar muito tempo correndo atrás de um trio, enfrentando empurra-empurra, pisões no pé, aquela pessoa mala-sem-alça que tá afim de te beijar, etc. É necessário ter dinheiro (óbvio), Salvador por si só já é uma cidade cara, no carnaval o preço das coisas se multiplicam: táxi, hotel, bebidas (caso queira beber), alimentação, são bem mais caras nesse período. Ter que se conformar com o cheiro de xixi que fica após a festa, quem conhece Salvador antes do carnaval e dias depois do carnaval sabe o inferno que é, além é claro do trânsito ficar bagunçado. Essas coisas atrapalham muito quem tá afim de curtir o carnaval com tranquilidade, mas se mesmo assim, você gosta da festa, e tem meios para poder curtir, venham e aproveitem bastante a festa, eu já estou me planejando para o carnaval do ano que vem!

E o que dizer da música do carnaval desse ano? Sinceramente eu não esperava, já tinha escutado, pois tinha ido ao show de Psirico esse ano em Laranjeiras-Se, mas pra mim, as músicas que ficaram em segundo e terceiro lugar tiveram repercussões bem maiores, em Salvador não há outra frase na boca do povo do que a então falada "é tudo nosso e nada deles" do cantor Igor Canário, ou então, a música do "gordinho gostoso" de Neto LX, em Sergipe só se escuta essa música. O que dizer então do "tem xenhenhem", a música considerada a do carnaval 2015? Nada a ver!


Então galera, a música do carnaval de 2015 é essa ai, achei o clipe super parecido com o clipe da música "Wigle" de Jason Derulo, seria um plágio? Diga-me ai nos comentários o que achou da postagem e da música considerada como a do carnaval de Salvador, abraços a todos!

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Correria no dia-dia, porém com pausas para registros fotográficos!

Oi galera, tudo bem? Há muuito tempo, há quase dois meses, eu não publico nada aqui no blog, estava com muitas saudades disso aqui e com muitas ideias para postar pra vocês, mas quem me acompanha sabe muito bem como minha vida é cheia de correria, tenho que dar conta da faculdade e do projeto e essas duas coisas que parecem serem poucas, consomem todo o meu tempo.

Por conta dessas duas coisinhas que não são simples, eu andei sem postar nada por aqui. Mas, eu venho anunciar através dessa postagem as minhas férias, bom, não é exatamente as tão sonhadas férias, mas essas irão me dar mais tranquilidade e concomitantemente tempo para consegui colocar minhas ideias em práticas aqui no blog.

Essas férias não são as tão esperadas férias, por conta do projeto de pesquisa que eu participo. Nesses projetos (pibic, pibid, picvol, pibit...) não existem férias (palavras da minha orientadora rs), temos que continuar lendo, produzindo artigos, preparar relatórios, preparar fichas de entrevistas, entre tantas coisas (essas são as coisas que eu tenho que fazer, isso tudo depende do curso em que se está fazendo). Porém, as coisas que mais tomam o tempo de quem está estudando em uma universidade são as aulas, provas, trabalhos constantes que devemos fazer, como eu não tenho isso até final de março, vou ter tempo para postar algumas coisas aqui no blog, que eu acho interessante e que faz parte do meu cotidiano.

Para começar...

Durante esse período que eu estive sem tempo para estar escrevendo aqui no blog, eu sempre tentei fotografar algumas coisas que estavam presentes por onde eu passava, sempre quis captar coisas ao redor, que pode passar despercebidos por muitos. Então fiquem com algumas fotografias e me deem sugestões para melhorar no meus registros fotográficos, lembrem-se que a única ferramenta que uso para fotografar é um celular (risos)!

Pé de jambo na Universidade Federal de Sergipe em São Cristóvão!

Calçadão comercial da cidade de Laranjeiras - SE.

Pôr-do-Sol no bairro Atalaia em Aracaju - SE.

Raiando o dia em Aracaju, isso é consequência de ficar estudando até tarde.
Essa foto do dia nascendo e outra foto da minha cidade na Bahia foram compartilhadas pelo tumblr Brazil Wonders, este é repleto de fotografias de vários lugares brasileiros, vale a pena conhecer! 

Dia de compras no Atacadão, localizado em Aracaju - SE.

Praia da Barra dos Coqueiros em Sergipe.

Céu e mar, Barra dos Coqueiros - SE.

Bom, espero que tenha gostado das fotografias e espero também que continuem acompanhando o blog, não se esqueçam de comentar, para não me deixar no vácuo, rs!

Abraços a todos vocês!